Segunda-feira, 28 de Março de 2011

The Death Is coming capitulo 6

Oláá, bem agora eu vou postar aqui a minha fic (sim finalmente).

Vou colocar um menu com os outros capitulos do outro blog, e apartir de agora publico aqui.

Espero que gostem, é pequeno mas os outros serão maiores :D


 

Vii- E quem és tu? – Os meus olhos caíram sobre o seu corpo moreno esbelto, os seus olhos castanhos e o seu sorriso delicado tiravam-me do serio

Luís- Aquele que te salvou – Disse-me sorrindo

Vii- Salvou? – Do que é que ele está a falar

Luís- Sim querida, mas aqui não, noutro lugar – Piscou-me o olho. Mesmo sendo ele dos rapazes mais lindos que alguma vez vira eu não tinha achado piada ao “querida”.

Vii- Doutora, posso ir? – Disse olhando nos olhos de Luís

Doutora- Sim, penso que sim. Veja se tem mais cuidado – Levantei-me e saí da sala com ele, só depois de termos saído do hospital num silencio constrangedor, é que me lembrei do pagamento

Vii- Ah! Esqueci-me de pagar

Luis- Não te preocupes, já tratei disso

Vii- Trataste disso? Mas quem és tu para te meteres dessa maneira na minha vida? Diz-me porque ages comigo como se fosses meu amigo de infância? – Eu estava cheia de perguntas, pois eu estranhamente não me lembro de nada do que aconteceu a partir de um certo momento.

Luis- Logo irás saber querida, agora tens coisas a fazer – Disse mais uma vez com aquele seu tom calmo e com o seu sorriso delicado. Sabia do que ele falava, a minha mãe tinha falecido e tinha de ir buscar as minhas coisas a casa, eu iria para um orfanato provavelmente… Eu comecei a sentir as lágrimas à beira de saírem mas fechei os punhos e caminhei para o carro do Senhor Agente. Uma parte de mim perguntava pela minha irmã, mas outra não queria saber dela, nem tinha nome e não merecia ter.

Luis- Até já

Vii- Mas até já? Quando é que eu te vou ver?

Luis- Logo verás – Mas ele não parava com o mistério, já me estou a passar…

 

Depois de terem arrumado tudo…

 

Vii- Sr Agente, a minha irmã?

Sr Agente- A sua irmã irá para a adopção, é recém-nascida por tanto poderá ter outros pais sem qualquer problema. – Ok… Melhor, já sabia que não ia ter de me dar com ela ou até mesmo conhece-la.

Vii- E eu…

Sr Agente- Parece que falaram com a segurança e tem uma casa, com uma família. – Disse-me o agente sorrindo, provavelmente era uma boa noticia mas eu receava que não fosse lá muito agradável - Vou agora leva-la para a sua nova casa - Não quero mais ninguém alem de mim… eu neste momento sou capaz de odiar toda a agente que me aparecer pela frente!

 

Chegando à sua nova casa….

 

“A casa é de cor bege e enorme! Não consigo acreditar na volta que a minha vida está a dar… Nestes últimos dias tenho vivido numa maré de sentimentos e mudanças… Mas eu tenho de aguentar, se não vou deixar aquela peste que dizem ser minha irmã manchar a minha família.”

 

Depois de terem carregado tudo…

 

Não está ninguém em casa o que me parece bastante estranho…

Provavelmente estão no trabalho ou assim… Admito que estou um bocado nervosa de conhecer a minha nova família… Não é uma coisa que nos aconteça todos os dias não é?

Sr Agente- Menina Vii tem um recado para si – Um recado?

Vii- Obrigada – Peguei no papel e li

 

«Boa tarde Menina Vii, espero que tenha corrido tudo bem até agora. Pode vir ter comigo? Basta sair de casa atravessar a rua da direita, fechar os olhos 5 segundos e de seguida entrar na floresta»

 

Fechar os olhos? Mas porque? É mais fácil ver do que passar o tempo todo a questionar-me não é?

Sr Agente- Menina, posso retirar-me?

Vii- Claro. Eu fico bem, obrigada. – Veio mesmo a calhar

Sr Agente- Tem aqui o meu contacto, sempre que precisar. Adeus!!

 

Ela fez o caminho que mandara a pessoa que tinha escrito o papel.

 

Tenho uma breve impressão de que já estive nesta rua… É um lugar bastante frio e sombrio mas eu continuo com o meu dilema de que já não tenho nada a perder… Fechei os olhos, e agora que os abro vejo a floresta e recordo-me de tudo o que aconteceu…. Das coisas horríveis que vi…

Encontrei-me com ele, aquele rapaz do hospital. Ele despertava qualquer coisa em mim, eu ficava diferente ao seu lado.

Luís- Quero mostrar-te quem realmente eu sou e quem tu és.

Vii- Eu sei quem sou. Melhor do que ninguém! – Disse indignada, ele não tinha o direito de pensar que sabia mais sobre mim do que eu.

Luís- Há qualquer coisa que tu não sabes. Ora cheira. – Ele colocou ao pé de mim o frasco com algo lá dentro. Mal senti aquele odor foi como se todo o meu sangue tivesse congelado e o meu coração parado. Subiu-me a adrenalina e era como se fosse um instinto, o instinto mais horrível, o de matar.


Gostaram?

Só se tiver 5 comentarios é que posto o proximo (:

Beijos

publicado por Estrelax3 às 20:22
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Fili a 28 de Março de 2011 às 21:46
Muito bom!!!
Posta o próximo, please!
Quero bué saber o que é o cheiro.


Comentar post

Hii, eu sou a Estrela e como tenho uma vida social tão boa *liar* tenho um blog onde conto tudo :3 Tenho alguns posts privados por isso se quiseres mesmo ler as coisas mais desinteressantes do mundo diz e eu sigo-te :D Alguma coisa manda email: estreloquinhass@gmail.com 

O meu perfil zZz

Segue-me zZz

Encontra-me no...

Youtube zZz

Deviantart zZz

Google+ zZz

Tumblr zZz

We♥it zZz

Twitter zZz

*clica nos pais natais* 

A minha fic

The death is coming:

-apresentação-

-1º cap.-

-2º cap.-

-3º cap.-

-4º cap.-

-5º cap.-

-6º cap.-

-mais-

Sugestões, Olá's, tudo que que quiseres

Answer Questions

pesquisar

 

posts recentes

Sorteio! Dia dia dos Namo...

Countdown to Christmas 10...

Opinião ? :D

Countdown to Christmas 9#

Countdown to Christmas 8#

Countdown to Christmas 7#

Last Friday Night...

2# - Agora a ler...

1# - Agora a ler...

Lemonade Mouth

arquivos

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Creditos

Pattern by ~foley-resources

Css by Me (Estrelax3 , ~Xikamy)

Icons by ~mintyy & ~DoctoramalL